Americanas ainda tem rombo milionário, mas diminuiu dívidas

Em busca de renovação desde janeiro de 2023, a Americanas revela um prejuízo líquido de R$ 4,6 bilhões nos primeiros nove meses de 2023, conforme o balanço divulgado nesta segunda-feira (26/2). Embora tenha havido uma redução significativa de 23,5% nas dívidas em comparação com o mesmo período do ano anterior, quando atingiam R$ 6,027 bilhões, a empresa ainda enfrenta desafios.

Em entrevista à Central do Varejo, o sócio Leonardo Roesler destaca que, apesar da diminuição do prejuízo, não se pode subestimar a gravidade da crise que a varejista enfrenta. “A queda nos números absolutos sugere que a Americanas está adotando medidas para conter danos e se reestruturar. No entanto, o tamanho do prejuízo restante destaca que a empresa está longe de atingir uma estabilidade financeira. A crise persiste, e a recuperação completa permanece incerta”, analisa o especialista.

Leia a reportagem para entender mais sobre o panorama atual!

Ainda com dúvidas? Fale agora com um especialista diretamente no WhatsApp:

Deixe seu Comentário:

Compartilhe:

Últimos Artigos:

IA no direito societário?

IA no direito societário?

Saiba como a inteligência artificial está desburocratização o direito societário: Recentemente, o Departamento Nacional de Registro Empresarial e Integração (DREI)…
Saiba como as novas restrições da Lei 14.873/24 podem afetar sua empresa

Saiba como as novas restrições da Lei 14.873/24 podem afetar sua empresa

A Lei 14.873/24 trouxe mudanças significativas para a compensação de créditos tributários decorrentes de decisões judiciais transitadas em julgado. Agora,…
Governo federal prepara o lançamento do Plano Safra 2024/2025

Governo federal prepara o lançamento do Plano Safra 2024/2025

Com a aproximação do novo ano agrícola, o Governo Federal está em fase final de preparação para o lançamento do…